+351 212 027 055

  • Francês
  • Inglês
  • Português

Entrevista Faustine SCHOUTTETEN Responsável ambiental

Bom Dia Faustine, podes falar-nos um pouco mais sobre o teu percurso ?
Bom Dia, tenho 28 anos então é um percurso bastante curto. Estudei direito e ciências políticas em Lille. O direito atraía- me mais mas não tinha vontade de passar pelos concursos de advogados. Descobri o direito do urbanismo durante os meus estágios num escritótio notarial e fortemente interessada pelo meio ambiente fiz o mestrado em urbanismo com especialização no meio ambiente. Fui consultora HSE em Véolia antes de colaborar com a Enygea.

Justamente, como chegaste à Enygea ?
Encontrei o Sr Hervé Montagne em abril 2016 porque ele queria saber como se lançar nos sanitários secos. Este encontro conduziu-o a acreditar que deveria criar um cargo para a implementação deste novo producto mas também e sobretudo para a gestão dos dejectos e formalização de convenções com estações de tratamento de águas, um tema importante para WC Loc. Começei com um contrato a termo que depois se tornou num contrato sem termo com o fim de obter as certificações ISO 9001 e ISO 14001.

Não é muito comum para uma PME ter um cargo dedicado ao meio ambiente, não é ?
Hervé Montagne era efectivamente um precursor sobre este asssunto. O tratamento dos dejectos é um tópico importante na WC Loc tanto em termos de respeito ambiental como em termos éconómicos : para a nossa unica agência na Ile de France, este tratamento custa 90K€ por ano !
Gerimos uma quantitdade de dejectos muito importante porque esvaziamos os sanitários uma vez por semana em todas as nossas obras e temos a vontade de fazer as coisas bem feitas mesmo que custe dinheiro.
Os clientes também nos motivaram no sector ambiental com o mercado dos sanitários secos.

Entretanto, quando falamos do seu sector, ainda falamos dos sanitários quimicos ?
Na época, nós faláva-mos de sanitário químico porque nós usávamos Glutaraldeído na solução sanitária em vez do producto azul e este ultimo era efectivamente quimico… Mas desapareceu ha 10 anos !
A norma NFEN16194 obriga- nos a ter um concentrado sanitário ativo durante 7 dias : Este producto tem de manter a constância da côr azul ( é um colorante natural) e a neutralização dos cheiros dura durante este périodo. E composto de alcohol sintético, de azul de metileno e de um perfume de sintese, é biodegradável, e nenhuma das substancias é persistente. A sua ecotoxidade é insignificante.
Na medida em que está diluido : para 1 sanitário de obras numa semana , nós apenas usamos 1 cápsula diluida em 19 litros de água.
Além disso os nosso sanitários só usam 19L para 500 passagens contra 9litros por autoclismo na casa de um particular. Os nossos sanitários não têm nada de quimico !

Como esta acolhida nos diferentos serviços e agências ?
No início, o meio ambiente não era um tema prioritário, as equipas estavão mais focadas nas urgências operacionais. Não osbtante, o desafio da certificação e as poupanças geradas pela optimização do tratamento dos dejectos deram- me rapidamente legitimidade. E as nossas equipas estão atentas aos seus clientes : as nossas equipas comerciais estavão na linha de frente em relação aos sanitários secos. Agora as relações são muito boas, os responsáveis da agência ligam- me para obter conselhos, tenho um papel de uoporte. E a política ambiental está doravante bem patente em toda a empresa.

Quais são os seu projetos para ir ainda mais longe nesta iniciativa ? Qual é a próxima etapa paraa Enygea ?

A próxima etapa será de passar do tratamento dos dejectos ao ciclo virtuoso da valorização dos dejectos ! Mais de momento, existe uma obstrução cultural sobre este assunto : lançamos a valorização do excremento de vaca mas os excramentos humanos permanecem um tabu !
A urina dá um otimo fertilizante para substituir os fertilizantes químicos. O SIAP (Sindicato interdepartamental para o saneamento da aglomeração parisiense) estão a desenvolver uma tese sobre este tema, mas não chegámos ainda à fase da autorização legal.
Apesar de tudo antecipámos o assunto. A valorização do que é para nós um dejecto deverá chegar brevemente, também trabalhamos num modelo para separar a urina e as fezes. Em qualquer caso, logo que obtivermos a legalização, iremos avançar !

Também queremos prevenir independentes no tratamento dos dejectos : vamos criar nossa própria estação de compostagem para dejectos de sanitários secos na região de Oise.
Simultâneamente, também testamos um produto azul orgãnico : o azul orgãnico já está respeitando o meio ambiente mas também queremos ir mais longe. O custo será superior mas se o teste actual nas 4 agências fôr conclusivo, padronizaremos o uso deste producto.
Também temos de preservar a certificação 14001 e colocar o conjunto do nosso ecosistema neste circuito : subempreteiros, fornecedores, e também outras sociedades do Grupo Enygea.
Também lançámos uma iniciativa RSE . Prestando primeiro atenção ao bem-estar dos empregados : por exemplo os nossos serviços de suporte acabam de se instalar num local HQE.
Mas também trabalhamos para a sanitarização no mundo : somos membros da Global Impact desde março de 2018, uma iniciativa das Nações Unidas criada em 2000 cujo objectivo é incitar as empresas de todo o mundo a adoptar um compartamento socialmente responsável comprometendo-se a integrar e promover vários princípios relativos aos direitos do ser humano, às normas internacionais do trabalho, ao meio ambiente e á luta contra a corrupção.

Junte-se a nós em