+351 212 027 055

  • Francês
  • Inglês
  • Português

TRABALHAR NA CONSTRUÇÃO COM TEMPERATURAS ALTAS

Esforços físicos sustentados, transporte de cargas pesadas, longa exposição ao sol … As pessoas que trabalham ao ar livre estão altamente expostas ao risco de desidratação e insolação. Condições excepcionais que merecem atenção especial e que o convidam a adaptar o seu comportamento. Então, quais são as precauções a serem tomadas para limitar o impacto das altas temperaturas? Fornecemos as seguintes práticas recomendadas!

1 – Hidratação: 
Este é um reflexo a ser acentuado no caso de uma onda de calor. Embora geralmente a quantidade recomendada de água seja de 1,5 litros por dia, é aconselhável beber um mínimo de 3 litros de água por dia, distribuído ao longo do dia. Para garantir um bom nível de hidratação, também é recomendável adaptar a sua dieta. Afastar-se de alimentos muito salgados e doces em favor de uma dieta mais rica em água também compensará as perdas de água. É comum não sentir fome ou fome durante períodos quentes, mas não é recomendável saltar uma refeição, especialmente quando o corpo é exposto ao sol e à desidratação. A multiplicação dos lava mãos self-service permitirá que vocês e refresque e hidrate o seu corpo ao longo do dia.

2 – O equipamento: 
As roupas são a primeira barreira contra as queimaduras solares, mesmo que o desejo de tirá-las pareça ser a solução ideal durante uma onda de calor: esqueça! A roupa também se deve adaptar à situação. Preferência para as largas e leves, a roupa não deve ser negligenciada, especialmente com climas quentes. EPI como calçados de segurança, capacetes, luvas, óculos e máscaras de proteção devem continuar a ser usados. Para se manter fresco, não hesite em mergulhar as suas roupas em água fria, use um pulverizador de água ou até mesmo tomar um banho, se possível.

3 – Os intervalos, sombra e fresco necessários:
Nos períodos de calor extremo, as pausas de recuperação devem ser aumentadas. Para que sejam eficazes contra os efeitos do calor, áreas sombreadas e frias, como instalações sanitárias, devem ser fornecidas para descanso. Idealmente, as condições de trabalho também devem ser adaptadas, trabalhando na sombra o máximo possível. Se possível durante uma onda de calor, adie as tarefas mais difíceis para o início do dia quando a temperatura é mais baixa.

Madame Pee chega a Portugal

A WC Loc Portugal tem agora ao seu dispôr um novo equipamento em exclusivo na Peninsula Ibérica.

As filas para as mulheres são mais longas do que as dos homens, isso é um facto.

Sim, desigualdades entre homens e mulheres podem ser encontradas em alguns locais!
Qual a mulher que não perdeu a primeira parte de um concerto ou os primeiros minutos após o intervalo de um concerto ou uma partida de futebol por causa de uma espera sofrida nas casas de banho “sanitários”?

No entanto, em todos os edifícios públicos, por exemplo, a área dedicada aos sanitários em todos os edifícios é perfeitamente a mesma.
Diante desta descoberta particularmente irritante para as mulheres, Nathalie des Isnards criou o primeiro urinol feminino, garantindo mais higiene sem contacto e economizando 6 vezes mais tempo no sanitário feminino.

Um urinol feminino projetado por uma mulher e para mulheres.

Móvel, robusto, fácil de instalar e manter, este urinol é ideal para eventos desportivos e culturais, como provas de atletismo, festivais de música e outros eventos de grande afluência.

O pequeno extra do Madame Pee? 100% sem água: já foram economizados +900.000 lt de água
Na WC Loc, queremos reinventar-nos para atender às necessidades dos nossos usuários e resolver um problema muito e muito recorrente em eventos de grande afluência.
Por isso, associámo-nos à Sra. Pee e oferecemos exclusivamente este equipamento inovador, que permitirá que o seu evento se destaque e receba um grande fluxo de homens e mulheres.
Porque a partir de 2020, as mulheres também preferem curtir a festa ao invés de esperar na fila!

Siga-nos através das nossa páginas do Facebook e Linkedin em WC Loc Portugal Lda

Guia de aluguer: conselhos para escolher um Lava Mãos

O Lava Mãos é essencial e agora indispensável em todos os locais! Na construção, na indústria, nas empresas, nas escolas … O respeito pelo afastamento social em todos os lugares é indispensável para a segurança e higiene de todos. Mas entre todas as possibilidades e equipamentos para a lavagem das mãos no mercado, qual será a mais adequada para o seu local e os seus utilizadores?
A WC Loc Portugal dispõe de algumas soluções de equipamentos lava mãos para alugar.

Porquê alugar um lava mãos?
Desde o dia 17 de março de 2020, vivemos uma crise de saúde histórica, repentina e brutal. Levou todos nós a repensar nossas práticas de higiene e levou ao estabelecimento de novas regras sanitárias, complexas a serem implementadas nos locais de obras e, no entanto, obrigatórias para a sua reabertura.
O respeito pelos gestos de distanciamento é, portanto, essencial para a segurança de todos. Foi assim que um guia foi publicado em 2 de abril de 2020, com o apoio da organização de prevenção profissional do setor (OPPBTP): o “Guia de recomendações de segurança em saúde para a continuidade das atividades de construção”. Este guia enfatiza, entre outras coisas, a importância de medidas preventivas que protejam a saúde dos funcionários, em particular através de condições sanitárias a serem respeitadas. Ela especifica em particular: “a possibilidade de lavar as mãos com acesso a um ponto de água e sabão é uma condição essencial para autorizar a atividade”.

Lava mãos conectável ou autónomo?
Existem 2 possibilidades separadas para o aluguer de lava mão : conectáveis ou autônomos. A escolha para o seu lava mãos é definida pelas restrições do local em que você planeia instalá-lo. Portanto, você deve saber com antecedência se tem ou não uma conexão com a rede de água potável, se planeia ou não mover regularmente o equipamento sanitário. É assim que você saberá qual o tipo de lavatório a alugar.

O que é um lava mãos conectável?

Um lava mãos conectável é um lavatório que podemos conectar diretamente à rede de água. Uma conexão é suficiente.
Lava mão de ligação há rede com 8 postos

O que é um lava mãos autónomo?
O lava mãos autónomo não requer uma conexão com a rede de água. É a solução mais móvel que existe, pois o fornecimento de água limpa é integrado diretamente no lavatório. O tanque está fechado e funciona com uma bomba de pé, evitando o contato com as mãos!
Lava mãos 2 postos
Lava mãos 6 postos com capacidade para 240L de água limpa

Reabastecimento de água sabão e dispensador de papel: cuidamos de tudo!
———————————-
Serviço de manutenção da higiene das mãos
Os seus colaboradores vão ter que usar regularmente os lava mãos disponíveis. Portanto, para evitar quebras de água e sabão, a WC Loc oferece um serviço de manutenção da higiene nos lavatórios e garante o esvaziamento e o enchimento com água limpa , a adição de um comprimido de desinfecção e conservação para que a água permaneça limpa a longo prazo, e o reabastecimento com sabão ou gel hidroalcoólico, dependendo do modelo de lavatório alugado.

 

lava mãos

lavatório

Entrevista de António Neves Gestor da Wc Loc Portugal, para a revista EXECUTIVE Digest

No passado mês de Março

a revista EXECUTIVE Digest

teve como caderno especial a agricultura,

onde o Gestor da Wc Loc Portugal,

António Neves concedeu uma entrevista

sobre a importância dos nossos

equipamentos para o setor.

Entrevista na integra

A WC Loc, permite poupar 50€ numa obra !

Na WC Loc, obras mais produtivas !

Em média, os trabalhadores de uma obra deslocam-se duas vezes por dia para procurar um lugar com sanitários.

X

O tempo gasto, fora da obra, para procurar um local com sanitários,
é de 15 minutos.

+

Em média, o custo dos carros destinados para se deslocar aos sanitários é de 4.4 €

=

A economia realizada, todos os dias, numa obra aonde trabalham 3 pessoas aproveitando de espaços sanitários autónomos é de 50 euros.

 Além disso, o impacto ambiental é reduzido porque um autoclismo « tradicional » consome em média 7 litros de água por uso, enquanto um sanitário portátil autónomo consome 20L de água por 300 usos,  Apenas 0.06L por autoclismo, o que equivale a 190L de água poupados numa semana !

Cabines sanitárias autonomas WC Loc

A WC Loc oferece soluções de aluguer adequadas a todo tipo de obras (interiores, exteriores, de curta o longa duração, zonas urbanas e rurais…)

Bem como uma oferta de serviços em função da necessidade dos clientes : entrega, drenagem, manutenção, serviços de higiene, tratamento dos dejectos, e recuperação do equipamento.

A, WC Loc a « pause xixi » oficial das obras :

  • 5000 obras  estão equipados  e ao nosso cuidado neste mesmo momento
  • 33 agências e estaleiros repartidos na Europa ‘

A WC Loc é o patrocinador oficial da corrida Urgent Run Paris

Sabia que no mundo duas em cada 3 pessoas não têm acesso aos sanitários ? e que 1000 crianças morrem todos os dias devido a doenças causadas pela falta de sanitários ? O assunto do acesso á higiene é um desafio importante pelo qual escolhemos comprometer-nos : tornámo-nos o patrocinador oficial da Corrida Urgent Run Paris em que 100% do valor das inscrições revertem para associações humanitárias que trabalham neste tema da higiene. Estão, prontos para correr ao nosso lado ?

 

O que é a Urgent Run Paris ?

A Urgent Run é um evento desportivo  solidário que acontece todos os anos em várias cidades do mundo  incluindo Binh Duong (Vietnã), Burgas (Bulgária), Kerkrade (Países Baixos), Singapura e Paris. Esta corrida solidária é organizada simbolicamente numa data próxima do dia internacional dos sanitários no dia 19 de novembro.

Em 2019 , a Urgent Run aconteceu no sabádo dia 16 no Bois de Boulogne ; O objectivo da corrida ? Reunir um máximo de corredores ! Porque 100% das contribuições e das inscrições revertem para as asociações Zazakely Sambatra e World Toilet Organisation (WTO).

 

Os projetos financiados :

Zazakely Sambatra é uma associação que apoia o centro Ketsa em Madagascar e que propôe um acompanhamento educativo social e sanitários para 300 crianças e suas familias. Em 2016, 276 crianças tiveram um acompanhamento geral no plano da educação, da saude e da nutrição.

 

Cifras preocupantes :

O tema do acesso á higiene é universal e estas cifras estão aqui para prová-lo, começando pelo seguinte : Quase dois terços da população mundial não têm condições sanitárias decentes,  por  outras palavras são 4,5 bilhões de pessoas no planeta que não tem sanitários. Andar a esconder-se, esperar pela noite para satisfazer as suas primárias necessidades… Um calvário quem tem impacto na saúde de milhares de pessoas e permanece um desafio de desenvolvimento central para os peritos internacionais.

As nações comprometeram-se em cumprir o objetivo de « assegurar o acesso de todos à agua e ao saneamento » até 2030. De momento, estamos infelizmente longes de o ter cumprido.

 

Como fazer uma doação ?

Tu também, queres comprometer-te para o acesso à higiene para todos no mundo ?

Várias soluções são pôssiveis :

  • Correr connosco para o trono iscrevendo-te a próxima corrida

Fazer uma doação online que será revertida á associação Zazakely Sambatra e á WTO : https://www.urgentrunparis.fr/faireundon

A WC Loc faz face ao desafio Tomorrowland Winter !

590 postos sanitários, 1860 metros de altitude, -10°C…, a WC Loc faz face ao desafio Tomorrowland Winter !

As equipas WC Loc e PSV, reforçadas pelas equipas de Van Overbeek, trouxeram a sua experiência e a sua energia para contribuir com o sucesso da primeira edição do Tomorrowland Winter 2019 – Alpe d’Huez.

Sanitários secos, cabines autónomas, cabines especiais deficientes, lava-mãos, sanitários de vácuo para forte afluência e VIP.. A nossa diversidade de materiais, permitiu-nos adaptar ás exigências do local ( de 1860 até 2100m de altitude) e ás condições climatéricas. (até -15°C) !

Esta variedade deu- nos a possibilidade de oferecer os requisitos de qualidade, de inovação e de respeito pelo meio ambiente ao nosso cliente : combinando a teconlogia de vácuo nas áreas de forte afluência e VIP, e os sanitários secos espalhadas na estação.
Dentro das áreas sanitárias estabelecidas : 2 polos sanitários VIP com todo o conforto e limpeza dignos de um grande hotel, e uma zona central de 180 sanitários sob vácuo, 160 postos urinois e 40 postos lava-mãos.

Parabéns a todas as nossas equipas que permitiram tornar este desafio num sucesso !

WC Loc chega à Bélgica !

WC Loc, líder francesa no aluguer de espaços sanitários portáteis autónomos e conectáveis continua a sua dinâmica de crecimento.A empresa, realizou durante o ano 2018 uma receita de vendas de 23M€, tem o objetivo de desenvolver-se num plano internacional e ambiciona realizar 15% da sua receita no estrangeiro em 2019. Para concretizar isso, acaba de adquirir a empresa Belga Cathy Cabine, implantada em Amay, na região da Valonia, na provincia de Liège. A sociedade acaba também de comprar a atividade sanitária do alugador WCIX , uma marca pertencente à empresa belga Locasix. Além disso Para organizar o seu desenvolvimento no estrangeiro, a WC Loc recrutou um direitor internacional

Estas duas novas aquisicões a nível internacional são uma etapa importante na expansão da WC Loc, e permitem assim afirmar um pouco mais o seu posicionamento de especialista. A empresa retomou a integralidade do capital da Cathy Cabine e recupera a atividade sanitária da Locasix. Pode continuar a intervir ; na Bélgica, os seus dois mercados principais, as obras com WCIX, e as festividades com Cathy Cabine.

Os clientes da Cathy Cabine e WCIX , aproveitarão do know-how comprovado da WC Loc. Através das suas agências diferenciadas, do seu parque de materiais diversificado e volumoso, da sua inovação constante, a WC loc quer fazer avançar as gamas propostas no território belga. Graças a uma boa área territorial, a WC Loc está próxima dos seus clientes,e responde às suas necessidades com a maior brevidade possível (tanto em termos de disponibilidade como em termos de conselhos). A empresa também propôe a todos os seus clientes um serviço completo : uma equipa experiente que assegura a entrega, a montagem, a desmontagem, a manutenção no local, a drenagem dos sanitários, a recuperação e o tratamento dos resíduos.
Para mais informações em relação à nossa acttividade, visite a nossa página no Facebook.

Entrevista Faustine SCHOUTTETEN Responsável ambiental

Bom Dia Faustine, podes falar-nos um pouco mais sobre o teu percurso ?
Bom Dia, tenho 28 anos então é um percurso bastante curto. Estudei direito e ciências políticas em Lille. O direito atraía- me mais mas não tinha vontade de passar pelos concursos de advogados. Descobri o direito do urbanismo durante os meus estágios num escritótio notarial e fortemente interessada pelo meio ambiente fiz o mestrado em urbanismo com especialização no meio ambiente. Fui consultora HSE em Véolia antes de colaborar com a Enygea.

Justamente, como chegaste à Enygea ?
Encontrei o Sr Hervé Montagne em abril 2016 porque ele queria saber como se lançar nos sanitários secos. Este encontro conduziu-o a acreditar que deveria criar um cargo para a implementação deste novo producto mas também e sobretudo para a gestão dos dejectos e formalização de convenções com estações de tratamento de águas, um tema importante para WC Loc. Começei com um contrato a termo que depois se tornou num contrato sem termo com o fim de obter as certificações ISO 9001 e ISO 14001.

Não é muito comum para uma PME ter um cargo dedicado ao meio ambiente, não é ?
Hervé Montagne era efectivamente um precursor sobre este asssunto. O tratamento dos dejectos é um tópico importante na WC Loc tanto em termos de respeito ambiental como em termos éconómicos : para a nossa unica agência na Ile de France, este tratamento custa 90K€ por ano !
Gerimos uma quantitdade de dejectos muito importante porque esvaziamos os sanitários uma vez por semana em todas as nossas obras e temos a vontade de fazer as coisas bem feitas mesmo que custe dinheiro.
Os clientes também nos motivaram no sector ambiental com o mercado dos sanitários secos.

Entretanto, quando falamos do seu sector, ainda falamos dos sanitários quimicos ?
Na época, nós faláva-mos de sanitário químico porque nós usávamos Glutaraldeído na solução sanitária em vez do producto azul e este ultimo era efectivamente quimico… Mas desapareceu ha 10 anos !
A norma NFEN16194 obriga- nos a ter um concentrado sanitário ativo durante 7 dias : Este producto tem de manter a constância da côr azul ( é um colorante natural) e a neutralização dos cheiros dura durante este périodo. E composto de alcohol sintético, de azul de metileno e de um perfume de sintese, é biodegradável, e nenhuma das substancias é persistente. A sua ecotoxidade é insignificante.
Na medida em que está diluido : para 1 sanitário de obras numa semana , nós apenas usamos 1 cápsula diluida em 19 litros de água.
Além disso os nosso sanitários só usam 19L para 500 passagens contra 9litros por autoclismo na casa de um particular. Os nossos sanitários não têm nada de quimico !

Como esta acolhida nos diferentos serviços e agências ?
No início, o meio ambiente não era um tema prioritário, as equipas estavão mais focadas nas urgências operacionais. Não osbtante, o desafio da certificação e as poupanças geradas pela optimização do tratamento dos dejectos deram- me rapidamente legitimidade. E as nossas equipas estão atentas aos seus clientes : as nossas equipas comerciais estavão na linha de frente em relação aos sanitários secos. Agora as relações são muito boas, os responsáveis da agência ligam- me para obter conselhos, tenho um papel de uoporte. E a política ambiental está doravante bem patente em toda a empresa.

Quais são os seu projetos para ir ainda mais longe nesta iniciativa ? Qual é a próxima etapa paraa Enygea ?

A próxima etapa será de passar do tratamento dos dejectos ao ciclo virtuoso da valorização dos dejectos ! Mais de momento, existe uma obstrução cultural sobre este assunto : lançamos a valorização do excremento de vaca mas os excramentos humanos permanecem um tabu !
A urina dá um otimo fertilizante para substituir os fertilizantes químicos. O SIAP (Sindicato interdepartamental para o saneamento da aglomeração parisiense) estão a desenvolver uma tese sobre este tema, mas não chegámos ainda à fase da autorização legal.
Apesar de tudo antecipámos o assunto. A valorização do que é para nós um dejecto deverá chegar brevemente, também trabalhamos num modelo para separar a urina e as fezes. Em qualquer caso, logo que obtivermos a legalização, iremos avançar !

Também queremos prevenir independentes no tratamento dos dejectos : vamos criar nossa própria estação de compostagem para dejectos de sanitários secos na região de Oise.
Simultâneamente, também testamos um produto azul orgãnico : o azul orgãnico já está respeitando o meio ambiente mas também queremos ir mais longe. O custo será superior mas se o teste actual nas 4 agências fôr conclusivo, padronizaremos o uso deste producto.
Também temos de preservar a certificação 14001 e colocar o conjunto do nosso ecosistema neste circuito : subempreteiros, fornecedores, e também outras sociedades do Grupo Enygea.
Também lançámos uma iniciativa RSE . Prestando primeiro atenção ao bem-estar dos empregados : por exemplo os nossos serviços de suporte acabam de se instalar num local HQE.
Mas também trabalhamos para a sanitarização no mundo : somos membros da Global Impact desde março de 2018, uma iniciativa das Nações Unidas criada em 2000 cujo objectivo é incitar as empresas de todo o mundo a adoptar um compartamento socialmente responsável comprometendo-se a integrar e promover vários princípios relativos aos direitos do ser humano, às normas internacionais do trabalho, ao meio ambiente e á luta contra a corrupção.